HOME > ÁREAS DE ATUAÇÃO > ESTRUTURAS ESPECIAIS

Somos movidos a desafios e temos prazer em enfrentá-los.

São dezenas de projetos de recuperação de estruturas, barragens e obras hidráulicas, pontes e viadutos, portos e obras costeiras.

CONHEÇA ALGUNS DOS PROJETOS EXECUTADOS

Vista lateral

Projeto de Ref. e Rec. Estrut. da Ponte Internacional Barão de MauáMunicípio de Jaguarão/RS

Contratante: DNIT
Ano do projeto: 2010 a 2013
Este é um projeto muito longo executado em consórcio com a Patrimonium Arquitetura e Restauro Ltda.
A Ponte Internacional Barão de Mauá é a ligação rodoviária e ferroviária entre as cidades de Jaguarão (BR) e Rio Branco (URU) e foi construída em 1930. Possui 330 metros de extensão sobre o Rio Jaguarão e acessos estruturados de 200 metros na margem brasileira e dois viadutos, um com 154 metros e outro com 1.534 metros, do lado uruguaio.
O projeto incluiu a recuperação estrutural da ponte, do acesso brasileiro de parte do acesso uruguaio, dos prédios fiscais dos dois países, da estação de passageiros na margem brasileira e sua estrutura viradora de locomotivas. Sendo a ponte um monumento tombado binacionalmente, o projeto foi tratado como restauração de patrimônio histórico e teve fiscalização conjunta do DNIT e do IPHAN pelo lado brasileiro e do Ministério da Cultura e da DNV pelo lado uruguaio.

Conjunto pronto

Rótula da III Perimetral com a Av. Protásio AlvesMunicípio de Porto Alegre/RS

Passagem Inferior entre a III Perimetral e Av. Protásio Alves – Porto Alegre

Contratante: Construtora Sultepa S.A.

Período do Projeto e Supervisão da Obra: 21/07/2000 a 01/07/2001

Passagem inferior em solo grampeado com revestimento de concreto projetado. Com alturas de até 12m, extensão de 880m, foi a primeira aplicação relevante da técnica no Rio Grande do Sul e, na época, a mais relevante no país.

Vista frontal do vertedouro

Projeto, supervisão e fiscalização das pontes da Barragem Maia FilhoMunicípio de Salto do Jacuí/RS

Projeto, supervisão e fiscalização da recuperação e reforço estrutural das pontes de serviço e rodoviária sobre a Barragem Maia Filho

Contratante: CEEE-GT

Ano do projeto: 2.000 a 2.001

A barragem Maia Filho faz o armazenamento de água para a UHE Leonel de Moura Brizola no município de Salto do Jacuí. Sobre a crista da barragem, que possui comprimento de 431 metros existe uma ponte rodoviária e uma ponte de serviço geminada que se encontravam deterioradas.
A Azambuja Engenharia e Geotecnia o projeto de reforço e reabilitação das duas pontes e, em face da complexidade das obras, a Azambuja Engenharia foi também contratadas para a supervisão técnica e fiscalização das obras.

Vista do terminal em operação

Pátio de Containers – BrakarnePorto de Itajaí/SC

Projeto do Terminal de Containers da Braskarne no Porto de Itajaí/SC

Ano do projeto: 2003.
Supervisão da construção em 2004.

Projeto do porto de Containers com capacidade para 438 contêineres refrigerados e 1.000 posições secas de 20’.
Com uma área total de 15.000m2, o pavimento do pátio foi projetado para ser 100% drenante com pavers classe 50 e base equipada com “gravel wells”. A solução é única no Brasil.
Além do pátio, todas as demais instalações foram projetadas pela Azambuja, tais como: subestação e redes de alimentação, instrumentação e iluminação, baias de granéis e unidades de lavagem, estruturas metálicas e sistemas de tratamento de efluentes, redes de combate a incêndio e sistema de água de refrigeração, balança rodoviária e passeios.

Vista aérea da ponte

Restauração e Reforço da Ponte do FandangoMunicípio de Cachoeira do Sul, BR-290/RS

Restauração e Reforço da Ponte do Fandango
Local: Cachoeira do Sul, BR-290

Ano do projeto: 2003.
Período do Projeto – 2012 a 2013.

A Ponte do Fandango sobre o Rio Jacuí foi construída sobre a barragem homônima entre 1941 e 1958, com extensão total de 547 m, sendo composta por dois viadutos de acesso em concreto protendido com extensão total de 367 metros e uma ponte metálica com extensão de 180 metros sobre barragem-eclusa.
Projetada e construída pela empresa alemã M.A.N Werk Gustavsburg, a ponte não só consiste no acesso viário à Cachoeira do Sul, mas também sustenta os guindastes de operação das comportas da barragem.
A ponte metálica, por sua vez, é uma estrutura incomum, formada por associação de treliças Warren e treliças tipo K, cujo valor arquitetônico exigiu um projeto de reforço e restauração desafiador e que se utilizou de quase 60 toneladas suplementares de aço.

  • + 25 Anos de Experiência
  • + 40 Clientes Atendidos
  • + 1000 Projetos Executados
  • JD Agricultura e Participações Sociais
  • Cerealista Pasi
  • Consórcio BRT Bento
  • Autopista Litoral Sul
  • Pátria Investimentos
  • Autopista Planalto Sul
  • DAER
  • Ambev
  • Autopista Planalto Sul
  • Cyrela
  • Brita Rodovias
  • Prefeitura de Porto Alegre
  • Consórcio BRT Protásio
  • Zaffari
  • Rio Grande Ambiental
  • Melnick Even
  • Consórcio Farrapos
  • Marco Projetos e Construções
  • Eixo SP
  • Simon Engenharia
  • Melnick Even
  • Construtora Queiroz Galvão
  • Consórcio BRT Protásio
  • Prefeitura de Porto Alegre
  • Cyrela
  • Autopista Litoral Sul
  • Construtora Giovanella
  • CEEE
  • Consórcio Farrapos
  • Toniolo Busnello
  • Prefeitura de Porto Alegre
  • Bripaza
  • DAER
  • Melnick Even
  • Cerealista Pasi
  • Capital Realty
  • DNIT
  • Marco Projetos e Construções
  • Cyrela
  • Construtora Brasília Guaíba
  • Bresco
  • Piraquê